Resultados encontrados: MAZELAS

“TAG”: EXEMPLO DO REPÚDIO À NOSSA LÍNGUA

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

O estrangeirismo exacerbado não é uma característica exclusiva de Patos de Minas. É certo que o Brasil, 516 anos depois do “descobrimento” pelos portugueses, ainda não “acatou” a língua de lá como sendo a oficial. O ruim da coisa é que Patos de Minas trilha o mesmo caminho nacional. No comércio, por exemplo, basta reparar […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 1: INACREDITÁVEL CANO

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

Imagine o pedestre caminhando na calçada da Rua Major Gote, direção Praça Champagnat, do lado esquerdo, entre a Praça Antônio Dias e a Rua Cesário Alvim. Lá vai ele ruminando uma estratégia para chegar ao final do mês com alguns trocados no bolso. De repente, sente uma pancada no rosto. Sorte que não usa óculos. […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 10: ATENTADO À VIDA DO PEDESTRE

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

Tão vilipendiado pelo poder público quanto este passeio é o nosso Código de Posturas. O Artigo 20 assim determina: O revestimento do passeio deverá ser de material antiderrapante, resistente e capaz de garantir a formação de uma superfície contínua, sem ressalto ou depressão. Tudo sobre passeios está determinado no Título II, Das Vias e Logradouros […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 12: BLOQUEIO INDIGENTE

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

Não há limite para o desrespeito ao nosso Código de Posturas no quesito Passeios. É impressionante a inércia do poder público aos ataques de energúmenos contra o direito de ir e vir dos pedestres no seu terreno adequado de locomoção. Veja só este exemplo estapafúrdio no quarteirão da Rua Sergipe entre sua colega Ceará e […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 13: BLOQUEIO INSULTUOSO

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

Sábado de manhã com um belo céu azul, antevéspera do Dia dos Namorados, com o centro da cidade mais parecendo um formigueiro. Nas ruas, veículos ansiosos e nervosos querendo alcançar seus destinos; nos passeios, a multidão disputa cada centímetro num perturbado vai e vem. De repente, não mais que de repente, uma farmácia localizada no […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 14: MURO ATREVIDO

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

Situe-se no quarteirão da Rua Olegário Maciel entre sua colega Major Gote e a Avenida Getúlio Vargas. Você que transita regularmente pelo local sabe perfeitamente que naquele trecho existe há muitos anos um estacionamento que, como qualquer outro na cidade, desrespeita o nosso Código de Posturas com o aval do poder público (Artigos 270 a […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 15: QUINTAL PARTICULAR

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

No dia 25 de dezembro de 1968, o Jornal dos Municípios anunciou a construção de 414 casas populares à direita de onde se localiza hoje o UNIPAM¹. Quem subia naqueles tempos a Rua Major Gote encascalhada após a Praça Champagnat visualizava aquelas construções no meio do Cerrado. Com o tempo, ao redor do conjunto habitacional […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 16: BLOQUEIO ESTÚPIDO

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

Lá vem você caminhando pelo estreito passeio da Rua Olegário Maciel. Passa em frente ao local onde funcionou o Cine Riviera. Se veterano, um monte de lembranças da melhor espécie invade a sua mente. Se não daquele tempo, passa por lá sem saber o que aquilo representou para a Cidade. Lá vai você, veterano ou […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 3: LOCAL NÃO É PISTA DE BICICLETA

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro “a calçada é dos pedestres e a bicicleta só pode estar nelas em ocasiões especiais, com autorização e indicação dos órgãos de trânsito”. O Art. 59 determina: “Desde que autorizado e devidamente sinalizado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre a via, será permitida a circulação de […]

ABERRAÇÃO NO PASSEIO – 4: TOLDO INSANO

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

Imagine você, que não é cego, transitando pela calçada da Rua Major Gote. De repente, o celular toca. Ao desviar a atenção para conferir a chamada você enfia a cara neste dobrável toldo insano pronto para lhe causar algum tipo de ferimento. Imagine um cego! Essa pérola, localizada entre as Ruas Tenente Bino e General […]