Resultados encontrados: WILSON PEREIRA

ARANHA, A

Postado por e arquivado em ARTES, LITERATURA, WILSON PEREIRA.

A aranha não se acanha arranha o ar e sobe. Enquanto sobe (sus)pensano fio enquanto desce tece. Remove o vago sobe e desce cautelosa nesse ofício: lançar sobre o nada fios de seda e sonho. Assuntos Relacionados: AVENIDA FÁTIMA PORTO VISTA DA RUA PROF.º JOÃO LEITE DESCENDO E SUBINDO A CINCO DE MAIO EDIFÍCIO ALVORADA […]

CAMINHADA

Postado por e arquivado em ARTES, LITERATURA, WILSON PEREIRA.

Para o Jorge Ferreira Era madrugada e Deus dormia. Havia lua no céu… Ao longo da estrada o silêncio chovia. Pingava luz do seu chapéu. * Foto: Aventuras-em-oblivia.blogspot.com. Assuntos Relacionados: CAMPO DE AVIAÇÃO MENINO, O RUA OLEGÁRIO MACIEL NA DÉCADA DE 1950 CASA GOTTE – 1933 CADÊ A FAZENDA? QUALQUER RUÍDO (DALLA E WANDER PORTO) […]

ENQUANTO É TEMPO

Postado por e arquivado em ARTES, LITERATURA, WILSON PEREIRA.

1: Menino, sai do sol; menino, sai da chuva; menino, sai do vento; menino, sai da rua; menino, vem pra dentro. 2: Menino, cria asas: vai ao vento vai à noite, vai ao sonho; menino, vai em frente, sai de casa, sai do sério, inventa. 3: Menino, sai do homem e brinca um pouco, enquanto […]

GATO, O

Postado por e arquivado em ARTES, LITERATURA, WILSON PEREIRA.

De olhos acesos o gato persegue o rato e calcula o salto o gato o rato cada um com seu ato o gato com o g da gula o rato apenas rói O gato o rato o pulo ex(-r)ato o gato mastiga o rato que já não o intriga mas o integra o gato agora […]

MENINO, O

Postado por e arquivado em ARTES, LITERATURA, WILSON PEREIRA.

O menino em mim ainda se comemora: há um gosto de vento nos ombros, um cheiro de amoras no tempo, um engenho de sonhos nos olhos. Uma varanda namora o silêncio das horas que caem. O menino em mim ainda cresce e me leva embora. * Foto: Ciadosblogueiros.blogspot.com. Assuntos Relacionados: ENQUANTO É TEMPO BORBOLETA PINTADA […]

PÁSSARO-ALVO

Postado por e arquivado em ARTES, LITERATURA, WILSON PEREIRA.

Na rota reta a seta o pássaro alvo em que salta se há desvio no trajeto ou no envio do objeto o pássaro alvo (atrai um S) voa livre e Salvo. Assuntos Relacionados: KOMBIS DA VIAÇÃO PÁSSARO BRANCO, AS PÁSSARO COMO ANIMAL DE COMPANHIA NUNCA COMPRE UM PÁSSARO SEM SABER A ORIGEM GRUPO PÁSSARO VIVO […]

POEMA

Postado por e arquivado em ARTES, LITERATURA, WILSON PEREIRA.

Não o estrondo da bomba sim o grito de suas vítimas rasga o silêncio de todos nós. Assuntos Relacionados: CAPA DO 1.º NÚMERO DO JORNAL “O GRITO” (1915) SÍMBOLO DO PODER PÚBLICO 1º ACIDENTE AÉREO JOVENS SEM JUÍZO RUA DA VERGONHA PROFESSOR DO TRÂNSITO À SUNAB EM 1976 DORMINDO OU ACORDADO ESTÃO ROUBANDO POLVORA ELEFANTE […]