Resultados encontrados: COMPORTAMENTO

ALGUMAS ATITUDES ESTRANHAS DO GATO

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

O gato é uma criatura especial e interessante que tem alguns comportamentos curiosos. As interações sociais e a forma como se expressa podem chegar a ser um pouco estranhas, no entanto, é característica da espécie. Quase todos os comportamentos são meigos e até graciosos. ESFREGAR A CABEÇA EM VOCÊ – Este ato é um momento […]

ALGUNS SINAIS DO GATO

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

ARRANHAR OBJETOS: Faz parte do comportamento normal de qualquer felino, portanto, é completamente impossível evitar que o gato arranhe qualquer coisa. BARRIGA PARA CIMA: Ele só está expondo sua confiança e satisfação BUMBUM LEVANTADO DE LADO: Esse é o seu jeito de dizer “Olá”. CABEÇADAS: Demonstrando afeto. CAUDA ARREPIADA: Ele está muito irritado. CAUDA ARRIADA: […]

ARRANHAR E BRINCAR

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

Os gatos têm necessidade de arranhar e precisam de um lugar para isso. Eles arranham para eliminar a camada externa e gasta das patas e para marcar território. Seu gato vai se apoiar nas patas de trás e se esticar o máximo que puder para arranhar as unhas. Se estivesse fora de casa, outro gato […]

ARTE DE QUASE SEMPRE CAIR EM PÉ, A

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

Não, os gatos nem sempre caem de pé. Eles precisam de uma altura mínima para ter tempo de virar o corpo. E “altura mínima”, nesse caso, quer dizer “mínima” mesmo: apenas 30 centímetros são suficientes. Acima disso, a maioria dos bichanos já é capaz de corrigir a postura e cair sobre as próprias patas. O […]

ATITUDES HUMANAS QUE DESAGRADAM OS GATOS

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

Enquanto os cães aprenderam como aturar certos comportamentos dos donos e sinalizar mais claramente o que querem, os gatos tendem a guardar emoções e sentimentos para si. Isso significa que eles sofrem sozinhos e não costumam indicar ao humano seu desconforto. Esse comportamento é um resquício de seu passado solitário e selvagem. Eles não tinham […]

AUTOLIMPEZA EXCESSIVA DO GATO

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

Lamber o próprio corpo e limpar o pelo com as patas são rotinas sistemáticas para os gatos. Para além de uma função higiênica, o lamber e acariciar também têm uma função relaxante. O ato de lamber-se desencadeia a produção de endorfinas endógenas, produzindo uma ação ansiolítica (tranquilizante), o que explica, por exemplo, quando os gatos […]

BEIJO DO GATO, O

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

Sabe aquela carinha que os gatos fazem quando estão ao seu lado? Um olhar entreaberto, um “olhinho” com charme e sono ao mesmo tempo? É um comportamento, mas não de sono, preguiça ou o que o valha. Os gatos estão esforçando-se para estabelecer uma comunicação, passar uma mensagem para seus responsáveis. Muitos de nós até […]

COMO ACARICIAR O GATO

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

Acariciar um gato pode parecer simples, mas quem não tem este hábito deve saber o que fazer ao tentar se aproximar e tocá-lo. Usar muita força, rispidez ou acariciar o bichano no lugar errado pode agitá-lo, fazendo com que ele acabe por morder ou arranhar. Se você deixar claro a ele com suas ações que […]

COMO FAZER UM GATO FELIZ

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

Muita gente pensa que os gatos, devido à natureza mais independente em comparação com os cães, não precisam de muita atenção. Porém, quem tem um ou mais felinos sabe o quanto eles precisam de nós, embora nem sempre assim o pareça. Basta dar água, comida e casa? Não! Os gatos precisam de muito mais para […]

FASES DA VIDA

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

FILHOTE – ATÉ 1 ANO Quando os filhotes nascem a gata come as placentas para estimular a produção de leite. Ela não se contenta em apenas amamentar as crias, mas passa grande parte do tempo a lambê-los e lustrá-los com sua língua áspera. Os gatinhos nascem vulneráveis, são cegos, surdos e incapazes de andar. Mamam […]