ENCHENTE DO RIO PARANAÍBA EM 1992

Postado por e arquivado em DÉCADA DE 1990, FOTOS.

Desde a década de 1950 o Rio Paranaíba não subia tanto. Depois de aproximadamente um mês de chuvas o rio subiu mais de 12 metros e invadiu com mais intensidade os bairros Vila Operária, Santa Luzia, Vila Rosa e Jardim Paulistano. Felizmente, graças à retirada de muitas casas de áreas alagáveis, evitou-se um problema maior. A participação da comunidade, doando alimentos e roupas às famílias retiradas de suas casas, juntamente com o trabalho da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Florestal e Prefeitura Municipal, foi fundamental para manter a calma.

Duas famílias perderam suas casas, que desabaram (um total de 15 pessoas); 144 famílias (568 pessoas) ficaram desalojadas de suas casas; 126 famílias (255 pessoas) foram abrigadas em casas de parentes, amigos ou em sedes de Associações de bairros e Igrejas. No Parque de Exposições foram alojadas 18 famílias (85 pessoas).

0* Fonte: Texto publicado na edição de 1.º de fevereiro de 1992 do jornal Novo Tempo com foto de França Nascimento, do arquivo do Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão de História (LEPEH) do Unipam.

Compartilhe