RESIDÊNCIA DA FAMÍLIA DE CHIQUINHO PEREIRA E VOVÓ NENEN

Postado por e arquivado em 2013, FOTOS.

O apelido de Maria da Rocha Fonseca, Vovó Nenen (19/09/1893 – 07/07/1963), tem tudo a ver com sua vida de guerreira. Filha de Pedro da Rocha Filgueira, casou-se com o viúvo Francisco Pereira da Fonseca (Chiquinho Pereira)¹, pai de sete filhos, que foram prontamente “adotados” por ela. O casal teve dez filhos. Vovó Nenen ficou viúva em 1938 e dedicou toda a vida à educação da numerosa família com imenso amor a todos. Ela era uma cidadã muito querida na cidade. Foi justamente homenageada em 07 de junho de 1982. Há uma praça na confluência das ruas Maestro Randolfo, Cesário Alvim e Alfredo Borges que era denominada “Lions Internacional”. A partir daquela data, de acordo com a Lei n.º 1.811, recebeu o seu nome. Nesta casa (Rua Afonso Pena pouco depois da Praça Antônio Dias, e que naquele tempo era conhecida como Rua do Chiquinho Pereira) Vovó Nenen amparou os 17 filhos até a sua morte. Não há dados concretos sobre o ano de construção do imóvel, mas estima-se que seja nos primórdios da década de 1900. Ou quem sabe, nada impossível, nos momentos finais do século 19. Vovó Nenen nasceu em 18/09/1893 e faleceu em 07/07/1963.

0

* 1: Leia “Sobre o Chiquinho Pereira” e “Antigo Beco do Chiquinho Pereira”.

* Texto e foto (02/12/2013): Eitel Teixeira Dannemann.

Compartilhe