THEATRO – 1911

Postado por e arquivado em ANÚNCIOS, ARTES.

Quem primeiro tentou implantar o teatro em Patos foi o Cel. Arthur Thomaz de Magalhães nos primórdios da década de 1910. Ele chegou a criar uma casa de espetáculos, o Theatro 14 de julho, que funcionava na então Avenida Municipal (depois Benedito Valadares e hoje Getúlio Vargas) pouco abaixo do Palácio dos Cristais. Ao mesmo tempo, o cinema se despontava na cidade com alguns exibidores ambulantes. Isso, quem sabe, tenha sido o motivo do Theatro 14 de Julho ter fechado as portas um ano após: Comtudo, bem depressa passaram-se os bons tempos, esfriou-se o animo dos rapazes, e o theatro, em vez da musica alegre, ruidosa, tocando á sua porta, entre o vai-vem dos espectadores, passou a revestir-se de um aspecto triste de caza desdeixada¹. Mas o Cel. Arthur não perdeu o ânimo e partiu para a nova arte, fundando o primeiro cinema de Patos em 1913, o Cine Magalhães².

Em 31 de dezembro de 1911, um grupo de cidadãos apaixonados por teatro publicou um anúncio no jornal O Commercio convidando a população para assistir duas peças. Pelo anúncio, pode-se perceber que o Theatro 14 de Julho já estava praticamente inativo: Pede-se o obsequio de levarem cadeiras, visto o grupo de amadores não dispôr de tempo preciso para mobiliar o Theatro, em consequencia de suas occupações.

Mesmo com as condições desfavoráveis do teatro, o espetáculo foi aprovado pela plateia, como demonstra uma nota publicada na edição seguinte do jornal (07/01/1912): Conforme anunciamos, realizou-se, nos dias 30 e 31, o espectaculo no Theatro “14 de Julho”, em que os amadores desempenharam muito bem seus papeis, sendo muito applaudidos pela platéa que, enthusiasmada, pediu repetição para o dia seguinte, o que accederam de bom grado. Parabens aos amadores e animo para nova empreza.

DSC02514* Fonte: Arquivo do Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão de História (LEPEH) do Unipam.

* 1: Leia o texto “Sobre o Teatro em 1911”.

* 2: Leia o texto “Cine Magalhães”, da categoria “Fotos – Década de 1910”.

Compartilhe