HIDROGRAFIA E RELEVO

Postado por e arquivado em CHUMBO, DISTRITOS.

A hidrografia do distrito faz parte da bacia do Rio São Francisco e são seus principais representantes:

O Rio da Prata, divisa natural do distrito com o distrito-sede, no noroeste e o Rio Areado que corre do oeste para o sul.

O Rio da Prata tem como afluente, à margem direita, o Córrego Moreira ou Jacuba, divisa natural do distrito com o município de Presidente Olegário.

Devem ser distinguidos ainda o Córrego das Posses, no oeste, divisa natural com o Distrito-Sede que, com o Córrego de Bebedouro, forma o Córrego da Confusão, afluente à esquerda do Córrego do Areado, que, na sua junção, também à esquerda, com o Ribeirão das Pindaíbas, forma o Rio Areado.

Devem ser distinguidos, ainda, os Córregos do Chumbo e do Arroz.

Há ocorrência de rochas mesozóicas, dotadas de Cretáceo, pertencentes a Formações Areado e Mata da Corda. Predominam estas rochas na maior parte do prolongamento leste-município, justamente na região do distrito de Chumbo.

Partindo do Espigão Mestre, ao norte, está a Serra Grande, caminhando para o sul. Próximo à divisa do distrito de Major Porto acha-se o Morro Agudo e não muito distante da sede distrital, rumo oeste, localiza-se a Serra dos Vianas.

* Fonte: Patos de Minas, Meu Bem Querer, de Oliveira Mello.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

captcha

Please enter the CAPTCHA text