MANIA DE URINAR NA CASA DOS OUTROS

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, CÃES, COMPORTAMENTO.

É comum um cão visitar outra casa e urinar pelos cantos, especialmente se lá existe um semelhante. Esse comportamento faz com que o dono o considere mal educado e às vezes até pensa em levar o animal a um psiquiatra.

Nada disso! Assim como os cães marcam árvores e arbustos com cheiros, também deixam marcas de urina em paredes, cortinas e pernas de mesas. De fato, quando visitam a clínica veterinária não é raro que cheire profundamente a calça do veterinário e a marquem com urina.

Como as pessoas raramente se comportam assim, acham essa forma de comunicação canina ofensiva. Tecnicamente falando, seu comportamento é típico, portanto não há necessidade de um psiquiatra. Um bom conselho, porém, é sempre bem vindo.

Os cães devem aprender que marcar território é permitido ao ar livre, mas proibido tanto dentro de sua própria casa como no interior de qualquer outra casa. O treinamento inclui recompensar o cão quando ele entrar numa casa e se comportar de acordo com as exigências humanas e puni-lo quando ele se comportar “normalmente”. A punição deve ser psicológica e não física. Gestos teatrais, como elevação repentina da voz, pistolas de água e objetos produtores de som podem impedir o ato de marcar território. Se falharem, a pessoa deve retirar o cão da cena do delito imediatamente e isolá-lo durante um minuto simbólico. Essa forma de disciplina muitas vezes funciona. Quando não funcionar, a última atitude é castrá-lo.

* Fonte: 100 Perguntas Que Seu Cão Faria ao Veterinário (se ele pudesse falar…), de Bruce Fogle.

* Foto: Garagem53.com.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

captcha

Please enter the CAPTCHA text