CAPELINHA DE NOSSA SENHORA APARECIDA

Postado por e arquivado em 2016, FOTOS.

O início da Rua Rio Grande do Sul, no Bairro Santa Terezinha, está localizado ao lado de um alto barranco do Rio Paranaíba. Há pelo menos 50 anos havia no local uma draga de areia. Ao lado, as mulheres costumavam lavar roupas nas pedras outrora límpidas e bucólicas. Foi nessa época que teve início um cortejo promovido pelos antigos canoeiros: uma procissão pelo rio em louvor a Nossa Senhora Aparecida. Ela saia do Bairro Jardim Paulistano, fazia uma parada estratégica no antigo local da draga e seguia até a antiga ponte. Carregando a Imagem, seguiam a pé até a Igreja que leva o nome da Santa, na Praça Sete de Setembro, Bairro Nossa Senhora Aparecida. Para facilitar o acesso dos fiéis à margem do rio quando da passagem dos canoeiros com a Imagem, a comunidade construiu uma escadaria ligando a Rua Rio Grande do Sul ao local da antiga draga. No final da década de 1990 a mesma comunidade construiu na calçada esta estrutura com a imagem de Nossa Senhora Aparecida denominada Capelinha de Nossa Senhora Aparecida. A Santa foi proclamada Rainha do Brasil e sua Padroeira Oficial em 16 de julho de 1930, por decreto do Papa Pio XI e, em 1980, foi decretado oficialmente que o dia 12 de outubro seria feriado oficial no país. Assim, todo dia 12 de outubro a Capelinha é frequentada por inúmeros fiéis. Infelizmente, neste ano de 2016, o cortejo de canoas não desceu o rio. Informações extraoficiais dizem que foi determinação do poder público, sem maiores explicações.

dsc03133

* Texto e foto (14/10/2016): Eitel Teixeira Dannemann.

* Fonte: Everaldo Domingos da Costa.

Compartilhe