BOMBA DESTRÓI BANHEIRO DA ESCOLA MARCOLINO DE BARROS EM 1996

Postado por e arquivado em HISTÓRIA.

Deve ter sido um baita susto, não só para os alunos, mas também para professores e funcionários da E. E. Marcolino de Barros. Sobre o assunto, o jornal Folha Patense publicou a seguinte matéria:

Uma bomba de fabricação caseira destruiu completamente um banheiro da Escola Marcolino de Barros. A explosão aconteceu por volta das 7h, da última quinta-feira, logo após a entrada dos alunos. O impacto da explosão quebrou dois sanitários além de danificar seriamente o equipamento hidráulico que leva água para outros setores da escola. O barulho da explosão foi ouvido a mais de mil metros do local. Moradores do prédio Alvorada, localizado ao lado da escola, chegaram a acionar o corpo de bombeiros, temendo o pior. Ninguém ficou ferido.

Os peritos que atenderam a ocorrência informaram que o artefato foi confeccionado sem nenhuma técnica, sendo utilizado tubos de papelão e bombas de foguetes. Eles afirmaram que o poder destrutivo da bomba poderia ter provocado uma tragédia se alguém estivesse no local, no momento da explosão. A polícia acredita que o atentado foi provocado por alunos da própria escola.

* Fonte: Texto publicado com o título “Bomba Destrói Banheiro do Marcolino” na edição de 23 de novembro de 1996 do jornal Folha Patense, do arquivo do Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão de História (LEPEH) do Unipam.

* Foto: Saulo Alves.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

captcha

Please enter the CAPTCHA text