REUNIÃO DA UNIÃO DE MOÇOS CATHOLICOS EM OUTUBRO DE 1932

Postado por e arquivado em HISTÓRIA.

Effectuou-se a 23 de outubro, domingo passado, mais uma sessão ordinaria da União de Moços Catholicos¹, com a concorrencia de desusado numero de associados.

Aberta a sessão, o segundo secretario, Sr. Geraldo Magella Borges, foi convidado a proceder à leitura da acta, que posta em discussão, foi aprovada. Em seguida o Sr. Antonio José de Souza, designado para a leitura do Evangelho e explicação, desempenhou-se optimamente.

O presidente, Sr. Laurindo Borges, offereceu á União uma grande e bellissima estampa da padroeira, N.ª S.ª da Conceição.

O Sr. José Carneiro apresentou á directoria a lista dos senhores socios, que concorreram e conribuiram com quantia suplementar, para a acquisição de uma nova mesa de ping-pong.

Já na segunda parte, o Sr. Prof. Alceu Amorim, pedindo a palavra, falou sobre dois assumptos de especial importancia. Em primeiro logar, discorrendo a respeito das pessoas que se dizem catholicas, mas não se approximam do tribunal da penitencia e da mesa eucharistica, terminou propondo se discutisse a sugestão seguinte: officiar ao Conselho Superior das Uniões do Brasil, em Bello Horizonte, para que o mesmo se dirigisse aos Srs. Bispos do paiz, no sentido de se fazer uma estatistica do Catholicismo no Brasil, cousa relativamente facil, conforme demonstrou com suas palavras eloquentes. O segundo ponto de que tratou versou sobre as pessoas mesmo catholicas, que não se pejam de maldizer dos sacerdotes, ministros da Religião, com pilherias ou calumnias. O Sr. Pharm. Theodorico Borges levantou-se e, em termos enthusiasticos e arrebatadores, apoiou plenamente o que foi dito pelo orador precedente. A casa, por maioria, votou o projecto do Sr. Alceu Amorim.

O Sr. Pharm. João Gualberto de Amorim Junior, obtendo em seguida a palavra, fez allusão ao appello do Rvmo. Sr. Conego Manoel Fleury Curado, sobre a obra das Missões, da propaganda da fé, e sugeriu fosse feita uma collecta entre os senhores unionistas, para auxiliar nesta santa cruzada. O seu projecto foi calorosamente referendado pelos Srs. Theodorico Borges, Alceu Amorim e Joaquim Vicente Fernandes, sendo approvada logo após votação.

O Sr. Presidente nomeou uma commissão para fazer a entrega da quantia arrecadada ao Sr. Conego Fleury, nosso prezadissimo vigario e assistente ecclesiastico da União.

O Sr. Joaquim Vicente Fernandes levantou-se, pedindo ao Sr. Presidente designasse uma commissão de tres membros para a incumbencia de visitar o estimado consocio Sr. Illydio Pereira da Fonseca, sendo attendido com geral approvação.

Ao terminar a sessão, antes da saudação de estylo, foi ensaiado um cantico para a festa e procissão de Christo Rei.

* Fonte: Texto publicado com o título “U.M.C” na edição de 30 de outubro de 1932 do jornal O Commercio, do arquivo da Fundação Casa da Cultura do Milho.

* Foto: Do livro Patrimônio de Santo Antônio: Do Sítio ao Templo, de Sebastião Cordeiro de Queiroz, publicada em 11/11/2017 com o título “União dos Moços Católicos em 1927”.

Compartilhe