DESENGONÇO NO CENTRO: AQUI PODE

Postado por e arquivado em FOTOS, MAZELAS.

Há inúmeras cidades pelo Brasil afora cujo poder público local tem preocupação extrema em manter o aspecto visual do ambiente urbano mais higiênico e menos poluído, principalmente no Centro, onde o trânsito de nativos e forasteiros é mais intenso. O objetivo é transparecer às pessoas, principalmente aos visitantes, que há gestor em ação que se preocupa com o bem estar da população. Infelizmente, Patos de Minas não se encontra presente nessa turma. Por um simples motivo: como todos sabem que o poder público daqui não respeita os nossos Códigos, então cada um se sente no direito de fazer o que bem entende. E cada um faz o que quer, mesmo! Não à toa os transeuntes disputam espaço nos passeios com uma infinidade de camelôs e tranqueiras mil, e, infelizmente, ninguém vê a contento os prédios históricos que formataram a Cidade, cobertos que são por uma poluição visual insuportável. Vai daí que um sujeito instala no centro do miolo do olho do Centro, a esquina da Rua Major Gote com sua colega Olegário Maciel, um desengonço perene para vender bingo. Já está lá há mais de três meses. Por lá, além do povão, passa o prefeito e os 17 vereadores. E estes consideram até bunitinho. É, aqui tudo pode!

* Texto e foto (01/07/2018): Eitel Teixeira Dannemann.

Compartilhe