BANDA DE MÚSICA SANTA CECÍLIA

Postado por e arquivado em ARTES, GRUPOS MUSICAIS, MÚSICA.

Por volta de 1910 o Professor Modesto de Melo Ribeiro criou a Banda de Música Santa Cecília, constituída dos músicos Augusto Borges, Antônio Bruno, Telésforo de Melo Ribeiro, João Gonçalves Pinheiro, Teobaldo Rocha, Romualdo Rocha, José Antônio Borges e Amador Gonçalves de Amorim. Dentro de algum tempo, com a criação do Grupo Escolar Marcolino de Barros, do qual o Professor Modesto passou a ser diretor, e por acúmulo de serviço, passou a sua direção ao maestro Augusto Borges. Nela outros elementos se integraram como Arlindo e Laurindo Borges. Com a extinção da Banda do Maestro Olímpio Rocha, alguns de seus músicos, como Ildefonso Bernardes, o próprio Olímpio, Uáscar e Antônio Corrêa, passaram a fazer parte daquela. Finalmente, passou a regê-la José Dias dos Reis (Ita), com os mesmos componentes acrescidos de João Borges de Andrade. Quando sob sua direção, extinguiu-se em outubro de 1937. Aqui, uma formação de 1927. Estão presentes, da esquerda para a direita:

1.ª FILA: Olympio Bernardes (o garoto Pimpinho), Jovem Cezar da Fonseca, José Cezar da Fonseca, João Bonfim e Quintiliano de Souza.

2.ª FILA: Adamir Magalhães, Anthero França de Oliveira, Deiró Corrêa da Costa, Hercílio Trajano da Silva, João Carlos (Maestro), José Trajano da Silva, Ildefonso Bernardes de Souza e Professor Waldemar (Vavá).

SENTADOS: Augusto Cezar da Fonseca, Olympio José da Rocha, Sebastião Bernardes, Bernardino Corrêa Júnior (Nhonhô Corrêa), Antônio Bernardes de Souza e Arlindo Bernardes de Souza.

* Fonte: Patos de Minas: Capital do Milho, de Oliveira Mello.

* Foto e nomes: Domínio de Pecuários e Enxadachins, de Geraldo Fonseca.

Compartilhe