COMEMORAÇÃO DO 1.º ANIVERSÁRIO DA RÁDIO CLUBE DE PATOS

Postado por e arquivado em HISTÓRIA.

Os patenses viveram no ultimo domingo um dos seus grandes dias com as brilhantes festividades comemorativas do primeiro aniversario do Radio Clube. Por motivos imprevistos não foi executado o programa dado a publicidade; mesmo assim foram brilhantissimas as comemorações, proporcionando aos milhares de ouvintes da querida emissora, horas de grande alegria¹.

A direção artistica da ZYB-4 conquistou os aplausos de quantos ouviram a irradiação da notavel tragi-comedia de Jorací Camargo, ANASTACIO, adaptada ao radio por Garibalde Felice². Os principais interpretes da notavel peça, todos do elenco do “Teatro em sua casa”, foram Carlos Costa, Nelson Pinto, Gerson Gualberto, Maria de Alencar, Olavo Amorim, Maria Antonieta, Joaquim Silveira, Marcelino Champagnat, Alda Artiaga, Jarbas Andrade e Fausto Santana. Com brilhantismo viveu o papel principal, o de Anastacio, o adaptador Garibaldi Felice.

Colaborou brilhantemente nas comemorações do aniversario da nossa estação, o jovem Milton Paiva, da “cast” da PRI-3. Milton Paiva agradou a todos os ouvintes com os seus bens interpretados numeros irradiados dos estudios da ZYB-4 e diretamente do salão de festas do Social Clube³. O jovem cantor, durante os quatro dias que permaneceu nesta cidade, apresentou ótimos programas ao microfone da “estação que não descança”. Milton Paiva voltou a Belo Horizonte deixando em cada ouvinte no Radio Clube um seu fan.

Uma das notas elegantes das festividades comemorativas do primeiro aniversario da ZYB-4 constituiu o “O Coquitel Musicado”, oferecido no estúdio principal dessa emissora, às autoridades e à imprensa. Nesta ocasião, em nome do exmo. sr. Prefeito Municipal e dos presentes, falou o Prof. Aguinaldo Magalhães e em nome da “Folha de Patos”, o dr. Ernani de Morais Lemos. Ambos, em brilhantes improvisos, discorreram sobre a vida da popular emissora, exaltando os grandes beneficios que tem prestado ao Brasil e saudando os idealizadores e dirigentes da radio.

Causaram retumbante sucesso o baile comemorativo do primeiro aniversario da ZYB-4 e o originalissimo concurso promovido pelos funcionarios da estação. A’ pergunta: “Neste baile, com qual a senhorita mais se simpatiza?”, foram dadas varias respostas. Saiu vencedora a gentil senhorita Corací Afonso que obteve u’a maioria de mais de 3000 votos. Os funcionarios promotores do interessante concurso, ofereceram à vencedora, um lindo e rico Lenço da Vitoria das Nações Aliadas

* 1: Leia “1.º Aniversário da Rádio Clube de Patos − Programação”.

* 2: A edição de 1.º de novembro de 1942 do jornal Folha de Patos trás a seguinte nota com o título “Garibaldi Felice” e assinada por J.O.L.: O nome de Garibaldi Felice , o novo gerente da Z.Y.B.-4, Radio Clube de Patos, é mui conhecido nos Estados de Minas e S. Paulo. Empregando suas atividades profissionais num dos mais espinhosos campos de luta, que coincide ser os que maiores beneficios tras à coletividade, Garibaldi vem descrevendo luminosa trajetoria artistica no radio brasileiro. E, não era para menos. Os homens dotados de excepcionais qualidades sempre as põem de manifesto, quer seja na Imprensa, no Radio, quer seja em qualquer outro setor onde sempre lidou em ambiente emaranhado de dificuldades. Para vencer, urge cavar brechas em meio de óbices, e marchar a passadas firmes a fim de não sucumbir no alcançar os objetivos que são seus e da coletividade. A Radio Clube de Patos, quase já no limiar de seu segundo ano de vida, conta com grande numero de bons êxitos que, plenamente, coroam de inegáveis louros a sua fase de organização. Com a aquisição deste elemento consagrado e temperado nas lides radiofonicas, a onda B-4 tem-se apresentado multiforme e colorida dos mais lindos matizes. Hajam visto os seus novos programas, mormente o “Teatro em sua casa”, cujo cartaz é um fato, o “A hora do castigo” semanalmente irradiado e outros grandemente apreciados pelos ouvintes. A’ Z.Y.B.4, que soube escolher o dirigente capaz, cuja possibilidade de trabalho é notoria, de quem a nossa emissora muito espera.

* 3: Funcionava no segundo andar do Edifício São Bento, na esquina da Rua Major Gote com sua colega Olegário Maciel.

* Fonte: Notas de Célio Delí publicadas em sua coluna O Microfone na edição de 06 de dezembro de 1942 do jornal Folha de Patos, do arquivo da Fundação Casa da Cultura do Milho.

* Foto: Eitel Teixeira Dannemann, publicada em 17/07/2014 com o título “1.º Endereço da Rádio Clube de Patos”.

Compartilhe