DIEGO RIBEIRO: UM MOTOCICLISTA A SER APLAUDIDO

Postado por e arquivado em 2020, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Lá ia eu solenemente caminhando pelo passeio da Avenida Getúlio Vargas, quase esquina com a Rua Farnese Maciel, quando escutei um zunido singelo de uma máquina motorizada. Era uma moto, que parou no sinal vermelho na dita esquina. Lá, o motociclista pacientemente esperava o sinal verde para seguir o seu caminho. Apreciei admirado, pois não havia nenhum vrum vrum, nenhum som ensurdecedor de sua máquina. Totalmente zen, o motociclista com sua máquina silenciosa aguardava o momento de continuar o seu caminho. Não perdi a oportunidade para abordá-lo, no intuito de parabenizá-lo. Ele então permitiu essa foto aí. Quando o sinal se fez verde, ele não acelerou a sua moto urrando os motores como fazem os tradicionais desgraçados motoqueiros da Cidade, primeiro porque sua moto, uma potente Harley Davidson, tem os escapamentos originais de fábrica, silenciosos; segundo, porque ele, um autêntico motociclista consciente, tem a sua moto para o lazer, e não para incomodar os cidadãos. Parabéns, Diego, que os ouvidos patenses te aplaudam com todo o merecimento!

* Texto e foto (01/03/2020): Eitel Teixeira Dannemann.

Compartilhe