ESCOLA NOSSA SENHORA DE LOURDES

Postado por e arquivado em HISTÓRIA.

ESCOLAGeraldo Fonseca, em seu livro Domínios de Pecuários e Enxadachins, escreveu uma pequena nota sobre um estabelecimento de ensino denominado “Escola Nossa Senhora de Lourdes”: Primária, fundada por Afonso Borges, em 1943 e extinta em 1946.

Oliveira Mello, em seu livro Patos de Minas: Capital do Milho, também se refere à escola: Em 1943, em prédio próprio, na Rua Tiradentes, Afonso Borges funda a Escola Nossa Senhora de Lourdes, com o curso primário completo e professorado habilitado. Por motivos financeiros, infelizmente, esta escola deixou de funcionar em 1946.

A edição de 13 de fevereiro de 1955 do jornal Correio de Patos publicou uma matéria sobre a inauguração de um estabelecimento de ensino:

Temos nos batido muito pelo ampliamento, pela difusão, pelo melhoramento do ensino em Patos. Precisamos de mais escolas. Necessitamos urgentemente de mais casas de ensino, de multiplicar os nossos estabelecimentos escolares. O que temos não satisfazem, de forma alguma, as nossas necessidades; são insuficientes, são poucos. Poucos e pequenos. Daí a necessidade premente, iniludível de mudar o panorama de patos, neste aspecto. Do contrário, os nossos filhos, os que virão, formarão uma geração de analfabetos. E não devemos nos esquecer que a ignorancia é o pior dos males. Não deixemos aos nossos pósteros êsse legado sinistro. Leguemo-lhes a maior e a melhor das heranças: O SABER.

Como? Dotando profusamente a cidade de novas casas de ensino, de novos estabelecimentos escolares.

Dirão que estamos exagerando, que a situação do ensino na cidade não está tão negra assim. Mas nós discordamos, e solene e irrevogavelmente reafirm…

Está bem, está bem, (não precisam zangar-se), já que vocês insistem tanto, faremos um abatimentozinho… Mas que a cidade está necessitando excessivamente de mais escolas, está!

Por isso, é com imensa satisfação que recebemos a notícia de que mais um estabelecimento de ensino será criado em Patos de Minas. Suas fundadoras são as cultas e prendadas senhoritas Dirce, Maria da Penha e Ivone Olivieri, bastante conhecidas de todos nós, pois aqui já residiram há alguns anos atraz. Podemos com segurança afirmar que as distintas e simpáticas professoras estão perfeitamente aptas a dirigirem, com acêrto e êxito, uma escola, posto terem longa prática no magistério (lecionaram em Araguari vários anos).

A Escola Nossa Senhora de Lourdes (êste, o seu nome) funcionará na antiga sede do Tiro de Guerra (Rua Tiradentes) e já se encontra registrada.

Auguramos às Senhoritas Dirce, Maria da Penha e Ivone mil felicidades e o mais amplo sucesso nesse nobre empreendimento, que mais que uma simples atividade ou ocupação, é um SUBLIME IDEAL!

O que teria em comum a Escola Nossa Senhora de Lourdes de Afonso Borges com a Escola Nossa Senhora de Lourdes das professoras Dirce, Maria da Penha e Ivone? Difícil saber, principalmente porque os dois historiadores citados não mencionaram em seus respectivos livros a existência da escola das três professoras e o jornal não mencionou a escola de Afonso Borges.

* Texto: Eitel Teixeira Dannemann.

* Fonte: Jornal Correio de Patos, do arquivo do Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão de História (LEPEH) do Unipam.

* Foto: Marciosouzavereador.blogspot.com.

Compartilhe