1.ª EXPLOSÃO BANCÁRIA

Postado por e arquivado em HISTÓRIA.

EXPLOSÃO BANCOJORNAL VIRTUAL PATOSHOJE (FARLEY ROCHA) – 14/03/2014

Os moradores da região central de Patos de Minas viveram momentos de terror na madrugada desta sexta-feira (14). A agência do Mercantil do Brasil, situada na principal rua da cidade, foi destruída por bandidos que explodiram os caixas eletrônicos para levar o dinheiro. Destroços ficaram por toda parte na Rua Major Gote. Para indignação de muitos, alguns moradores furtaram o dinheiro deixado para trás.

De acordo com os vizinhos, foram duas explosões enormes levando terror a toda a vizinhança. Uma em seguida da outra por volta das 3h20. Os bandidos, então, entraram na agência, pegaram o dinheiro dos caixas e fugiram. Testemunhas disseram que viram dois carros, sendo um VW/Voyage Prata e um Fiat/Uno modelo novo. Não se sabe a quantidade de ladrões.

Eles tomaram a Rua Olegário Maciel e fugiram sem deixar rastros. Uma enorme nuvem de fumaça e poeira cobriu a região. Isabel de Fátima Rodrigues, vizinha ao local, contou que eles ainda efetuaram disparos antes de fugir. Alguns falam em até cinco disparos efetuados durante a fuga do local, já outros negam que tenha havido tiros.

E espertalhões chamaram a atenção dos moradores. Segundo Isabel, pessoas bem vestidas notando diversas cédulas espalhadas pelo chão da agência, que ficou totalmente exposta, invadiram o local e levaram o dinheiro deixado para trás. Segundo os vizinhos, eles devem ter furtado cerca de R$3.000,00 antes de a Polícia Militar chegar ao local. Mas de acordo com o Sargento Aguimar, eles não devem ficar impunes. Existem nas proximidades diversas câmeras de segurança que podem ter identificado a ação dos aproveitadores. Eles devem responder por furto. Com relação à quantidade de dinheiro levado pelos bandidos, ainda não há uma estimativa de quanto foi furtado.

O Capitão Fábian também esteve ao local e falou sobre os procedimentos adotados para prender os criminosos. Foram montados cerco e bloqueio nos pontos de saída da cidade e rastreamentos estão sendo feitos para identificar e efetuar a prisão. A ação dos bandidos em Patos de Minas, que é considerada uma cidade segura, surpreendeu muita gente. Esse foi o primeiro crime dessa natureza ocorrido no município.

Responsáveis pelo banco também estiveram no local para avaliarem os estragos. Dos nove caixas eletrônicos, dois foram explodidos. Mas não foram só os caixas. A agência ficou completamente destruída. O forro do teto ficou totalmente danificado. A fachada feita toda de vidro ficou em pedaços. Estilhaços foram espalhados até do outro lado da rua. A avaliação feita pelos bancários é de que os estragos na agência causaram um prejuízo ainda maior do que o dinheiro levado pelos bandidos.

Uma alavanca usada na construção civil ficou pela calçada e pode ter sido utilizada no crime. A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada para coletar provas que ajudem a identificar e prender os criminosos. As imagens do circuito de segurança da agência e de outros comércios existentes nas proximidades também devem ser analisadas

———-

EXPLOSÃO 2JORNAL FOLHA PATENSE (REJANE GOMES) – 15/03/2014

A cidade de Patos de Minas não ficou fora da onda de assaltos a caixas eletrônicos que têm acontecido na região. Na madrugada da última sexta-feira (14), bandidos destruíram a agência do Banco Mercantil, que fica bem no centro da cidade. A ação aconteceu por volta de 3h30min. Testemunhas que moram próximo ao local disseram que, pelo menos seis pessoas, em dois veículos, teriam participado da ação que durou cerca de três minutos. Dois caixas eletrônicos foram explodidos, e o estrago na agência foi grande. A quantidade de dinheiro levada pelos bandidos não foi informada.

Logo após a ação, peritos estiveram no local. A Polícia Militar iniciou um cerco em todas as possíveis saídas da cidade. Uma grande mobilização entre polícias civil, militar, da PRF, um helicóptero da PM de Uberlândia e com o apoio da população, que contribuiu com informações, a resposta foi imediata. Até a manhã desta sexta-feira (14) foram apreendidos três veículos, três armas e oito suspeitos encaminhados para a delegacia. Os policiais apreenderam ainda uma quantia de aproximadamente R$ 1.000 e material pertencentes ao banco.

De acordo com o Comandante da 10ª Região de Polícia Militar, Coronel Elias Perpétuo Saraiva, a quadrilha é oriunda da cidade de Uberlândia, alguns deles com mandado de prisão em aberto. Segundo o Coronel, após o assalto, os três bandidos foram capturados em um veículo na região do bairro Copacabana. Eles tentavam se esconder, já que o cerco da PM nas saídas da cidade impediu a fuga. Outro suspeito foi preso na mesma região, próximo ao local onde foi abandonado um veículo Corolla. Tentando empreender fuga no Terminal Rodoviário de Patos de Minas, outro suspeito foi preso. Outras três pessoas, uma mulher e dois homens, foram apreendidos em fuga próximo à cidade de Patrocínio. Os veículos apreendidos são roubados.

Até a manhã desta sexta-feira (14), a Polícia Militar divulgou os nomes dos seguintes suspeitos presos: Os irmãos, Bruno Alves Diniz (23) e Júnior Alves Diniz (21); Leonardo Silva Mariano (28); Wanderson Francisco Pires (26); Alex Garcia Marques; Alana Cristina, que segundo informações da PM, seria esposa de um dos criminosos; Pablo Rodrigues.

A Polícia Militar trabalha ainda para capturar outros dois suspeitos. De acordo com informações do Comandante do 15º BPM, Tenente-Coronel Roberto Carlos de Campos, a quantia levada pelos bandidos não foi divulgada, nem o valor apreendido com os suspeitos presos. Há a possibilidade que o restante tenha sido levado pelos bandidos que conseguiram fugir.

* Fotos: Jornal virtual PatosHoje.

Compartilhe