C DE COINCIDÊNCIA

Postado por e arquivado em 2014, FOTOS.

Em abril de 1988, na rua 6 e loja 45 do Mercado Municipal, Sebastião Lobato montou um comércio de variedades de uso pessoal, como sandálias, roupas e diversos acessórios afins. Ele faleceu dois anos após a inauguração de seu empreendimento. Mesmo emocionalmente abatida com a perda, a esposa Maria de Fátima Ferreira Lobato assumiu com garra o negócio para honrar o comércio idealizado pelo falecido.

Os anos se passaram e eis que nem ela havia reparado nas coincidências. A empresa Cintia Calçados e Confecções vende chapéus, cintos, carteiras, cadarços e correias para chinelos. Tudo com “C”. Maria de Fátima jura de pés juntos que nunca havia reparado nestas “coincidências”.

0* Texto e foto (21/03/2014): Eitel Teixeira Dannemann.

Compartilhe