CASA AFUNDADA

Postado por e arquivado em 2019, DÉCADA DE 2010, FOTOS.

Parecem dois olhos quadrados com as sobrancelhas triangulares acima além da conta reparando aqueles que a reparam. Essa casa afundada, localizada à Rua João Gabriel Ferreira entre suas colegas Ana de Oliveira e Major Jerônimo, a poucos metros da Avenida Fátima Porto, foi construída em 1981 consideravelmente abaixo do nível da rua que ainda não […]

EXCURSÃO DAS PROFESSORANDAS DE 1941 A BELO HORIZONTE E RIO DE JANEIRO, A − 2

Postado por e arquivado em ARTIGOS.

TEXTO: OMAR TIBÚRCIO (1941) Mais uma demonstração de vitalidade da “mocidade” de Patos foi, sem dúvida, a recente excursão da Escola Normal. Transpondo os limites de Minas, chegaram ao Rio, onde “tudo é maravilhoso”, na sintética expressão de uma inteligente, perspicaz e sensata normalista. Tinhamos o proposito de colher as impressões de todas as alunas […]

FESTA DO MILHO ATRAVÉS DOS TEMPOS, A

Postado por e arquivado em CAPAS DE LIVROS.

Marialda de Amorim Coury Martins nasceu em Patos de Minas em 31 de julho de 1947, filha de José Batista Coury e Alda Amorim Coury. Casou-se com Dinater Martins em 15 de fevereiro de 1959. Desta união nasceu Dinamar Martins. Artista Plástica; Professora Primária; Professora de Artes/Desenho/Aquarela; Presidente da UNART por duas gestões; Sócia-Fundadora da […]

VOCALIZAÇÃO DOS GATOS

Postado por e arquivado em ANIMAIS DE COMPANHIA, COMPORTAMENTO, GATOS.

Os sons de gatos são geralmente divididos em três categorias principais: sons produzidos com a boca fechada, sons produzidos com a boca aberta e fechando gradualmente, compreendendo uma grande variedade de miados com padrões vocálicos semelhantes, e sons produzidos com a boca mantida tensamente aberta na mesma posição. O ronronado é um som regular de […]

“GELADEIRA” DO COLÉGIO MUNICIPAL, A

Postado por e arquivado em HISTÓRIA.

O jornalista Laércio Rocha (1951-2017), aluno da primeira série ginasial do Municipal em 1963, relatou os dissabores do controle disciplinar da direção e revelou a existência da “geladeira”, local de punição dos alunos, que passou a ser utilizada, coincidentemente, a partir do início da ditadura militar brasileira. Segundo Laércio Rocha, O Colégio Municipal¹ funcionava como […]